Novo carro da McLaren decepciona

A nova McLaren-Mercedes não encanta David Coulthard, apesar de o escocês ser político e dizer que sua "base é boa". Nesta terça-feira, nos testes de Barcelona, ainda que haja atenuantes para explicar o fraco desempenho do modelo MP4/17 do time anglo-germânico, o austríaco Alexander Wurz, com a McLaren de 2001, foi um segundo mais veloz que Coulthard.Os números não escondem a realidade: 1m18s194 (99 voltas) para Wurz, diante de 1m19s194 (63) para Coulthard. Os dirigentes da McLaren podem até argumentar que as condições do teste de Coulthard, com a MP4/17, e Wurz, MP4/16, fossem distintas. Mas ao final de 63 voltas, com muita probabilidade a própria equipe orientou Coulthard a exigir mais do carro, a fim de começar a ter mais dados sobre seus limites.Na segunda-feira, o escocês já havia percorrido distância superior a um GP com a MP4/17. Dessa maneira, nesta terça-feira não se tratava do shakedown, ou treino para avaliação primária.Os primeiros ensaios do MP4/17 sugerem não tratar-se de um modelo avassaladoramente superior aos da concorrência, como já ocorreu algumas vezes com os projetos de Adrian Newey. A McLaren parece estar sentindo as muitas mudanças na equipe, como a necessidade de a Mercedes partir para um motor completamente novo, para descontar a diferença que a separa da BMW-Williams e da Ferrari.O alemão Nick Heidfeld também treinou nesta terça-feira com a nova Sauber C21, no Circuito da Catalunha, e registrou, ao fim de 54 voltas, a marca de 1m19s290, um décimo de segundo mais lento que a nova McLaren. Nesta quarta-feira é a vez do brasileiro Felipe Massa testar pela primeira vez o modelo C21 da Sauber.Jaguar - O time da Ford confirmou, nesta terça-feira, que optou por estudar no túnel de vento os problemas de falta de pressão aerodinâmica gerados pela asa dianteira do novo carro, o modelo R3, a testar junto dos demais times. A previsão, agora, é para Eddie Irvine e Pedro de la Rosa, seus pilotos, voltarem às pistas na sexta-feira. Já a Jordan fez nesta terça-feira, em Silverstone, o primeiro ensaio com o modelo EJ12, equipado com motor Honda, seu carro para o Mundial deste ano. Takuma Sato fez o shakedown do EJ12.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2002 | 18h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.