Organização do Rally Dacar apresenta prova na Europa

Para amenizar o cancelamento da tradicional competição, dirigentes criam disputa entre Hungria e Romênia

Efe,

04 de fevereiro de 2008 | 13h18

DivulgaçãoMapa do percurso entre Hungria e Romênia; competição será disputada no próximo mês de abril A organização do Rally Dacar apresentou nesta segunda-feira a prova da Europa Central, entre Hungria e Romênia e com realização prevista para abril, como uma forma de amenizar o cancelamento da tradicional competição este ano, por ameaças terroristas na Mauritânia. O rali terá sete dias e aproximadamente 3.000 quilômetros de percurso entre Hungria e Romênia - metade deles cronometrados. A prova começa em Budapeste dia 19 de abril e terminará no lago Balaton, a aproximadamente 100 quilômetros da capital húngara. A prova passará pela parte romena da cordilheira dos Cárpatos e atravessará novamente a Hungria, com trechos especiais de entre 60 e 120 quilômetros. "Este rali não é o Dacar, mas leva sua marca, com tudo o que ela significa. É uma resposta rápida a todos os participantes do Dacar que se ficaram sem poder disputar a competição", assegurou o diretor do rali, Etienne Lavigne. À espera do anúncio da próxima edição do Dacar, que deve ocorrer nos próximos dias, a organização implanta um "selo" que se baseia no prestígio do lendário rali. Os competidores que disputariam o Dacar este ano terão direito preferencial de inscrição, não pagarão para entrar neste rali e deverão desembolsar apenas 300 euros em conceito de despesas de gestão. "Uma corrida não substitui a outra, mas pode permitir que muitos mantenham sua atividade e salvem toda a economia que se movimenta em torno do Dacar", disse Lavigne, garantindo que a competição voltará em grande estilo. Os organizadores já contam com a presença das principais equipes oficiais que costumam disputar o Dacar, tais como Mitsubishi, Volkswagen, BMW e KTM - além de alguns particulares, como do francês Jean-Louis Schlesser. O diretor da prova disse que novos ralis com o selo Dacar seriam lançados a partir de 2009, mas o cancelamento de janeiro fez com que os planos fossem adiantados. "Budapeste era candidata a sediar a largada do Rali Dacar em 2010, o que tornou as coisas mais fáceis", assegurou Lavigne, revelando que a série contará com três provas além da tradicional propriamente dita. As condições para fazer parte deste grupo de provas serão uma forte lista de participantes, contratos de televisão e uma organização de qualidade. A expectativa é aumentar o interesse pelas corridas. As provas serão independentes e não haverá um campeonato conjunto por enquanto, assegurou Lavigne.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally Dacarrali

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.