Otimista, Hamilton quer apagar decepções em Cingapura

Vencedor de duas das três últimas corridas da Fórmula 1, com os triunfos obtidos na Hungria e na Itália, Lewis Hamilton exibiu otimismo ao projetar o GP de Cingapura, que receberá a 14.ª etapa desta temporada no próximo domingo. O piloto inglês da McLaren, porém, lembrou que viveu decepções nas duas últimas edições da prova realizada no circuito de Marina Bay. "Embora tenha obtido uma fantástica vitória em 2009, eu não tive grandes resultados em Cingapura recentemente", admitiu.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2012 | 11h09

Hamilton foi quinto colocado no ano passado em Cingapura, em uma corrida na qual se envolveu em um acidente com Felipe Massa. Já em 2010, o inglês deixou a prova após furar um pneu e desta vez amargou uma batida o australiano Mark Webber. E, neste domingo, ele espera poder repetir a vitória que obteve neste GP em 2009.

"Depois de vencer na Hungria e em Monza, eu vou para Cingapura cheio de positividade e otimismo de que nós poderemos lutar pelo título com Fernando (Alonso, atual líder do Mundial de F1)", destacou Hamilton, antes de lembrar dos desafios proporcionados pelo circuito da prova local.

"Eu aprecio o circuito de Marina Bay da mesma forma como gosto de correr em Hungaroring (na Hungria). É uma pista que exige que você realmente esteja no maior nível do carro para conseguir o melhor dele. Exige mais sutileza, também: a maioria das áreas de frenagem são alcançadas em alta velocidade, e os muros nunca estão longe. Tem o fator do calor e da umidade é um fim de semana muito desafiador", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.