Paddock é o ponto de encontro da F1

O paddock da Fórmula 1 é o lugar onde os pilotos e todas as outras pessoas que trabalham nos autódromos se encontram - em Interlagos, durante o GP do Brasil, não é diferente. E é nessa oportunidade que se torna possível conhecer os hábitos e manias das pessoas que freqüentam o circo. Em especial, os pilotos.Considerados estrelas, muitos deles tem dificuldade para circular. É o caso do heptacampeão Michael Schumacher, que mal consegue ir ao banheiro. Quando sai dos boxes, é perseguido pelos fãs, câmeras, fotógrafos e jornalistas. Há até quem entre com ele no banheiro só para conseguir uma entrevista - ou um autógrafo.Estando no Brasil, o mesmo acontece com Rubens Barrichello, que passa andando depressa, sem dar muita atenção. Já o provável campeão da temporada, o espanhol Fernando Alonso, faz mais simples: passa correndo, seja indo direto para a sala reservada para a Renault ou para ir dar uma entrevista na sala de imprensa.Tem também o piloto que está sempre circulando, mas não dá muita bola para quem passa ao seu lado. É o caso do colombiano Juan Pablo Montoya, da McLaren. Seu companheiro, o finlandês Kimi Raikkonen, só é visto quando dá entrevistas - e mesmo assim, com dificuldade, pois a quantidade de jornalistas que o cercam é assustadora.Por outro lado, nas equipes menores a situação se inverte completamente. Pode parecer uma simples necessidade de aparecer, mas os pilotos e diretores dificilmente não estão disponíveis. Felipe Massa é constantemente visto na mesa do lado de fora do escritório da Sauber. E Tiago Monteiro e Robert Doornbos em alguns momentos circulam como se fossem desconhecidos. Takuma Sato só é reconhecido quando está de macacão e sapatilha.Há também quem parece totalmente despreocupado com tudo. É o caso do canadense Jacques Villeneuve, campeão do mundo em 97, que sempre está sorrindo, ao lado de belas mulheres, e dá entrevistas para quem pede. Enfim, aproveita bem todo o glamour que a Fórmula 1 pode lhe oferecer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.