Xavier Bertral/Efe - 27/2/2010
Xavier Bertral/Efe - 27/2/2010

'Pagaria Massa ou Alonso para guiar Ferrari', diz Sebastian Vettel

Alemão não esconde o sonho de um dia ser piloto da escuderia italiana na Fórmula 1

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2011 | 10h45

ROMA - Apesar de ter sido campeão do mundo pela Red Bull no ano passado e estar prestes a entrar em uma nova temporada na qual tem boas chances de levar o bicampeonato, o alemão Sebastian Vettel segue sem esconder o seu sonho de um dia correr pela Ferrari. E parece que sua ida para a tradicional escuderia é questão de tempo.

Em entrevista publicada nesta terça-feira pelo jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o piloto ressaltou que se transferir para a equipe seria um "sonho", apesar de ter enfatizado que está "feliz" na Red Bull.

Ao falar sobre o assunto, Vettel até brincou com os atuais pilotos titulares da escuderia italiana, Fernando Alonso e Felipe Massa. "Pagaria umas férias a Alonso ou Massa, faria um esforço para reservar um bom hotel para eles. Assim eu teria o carro vermelho, embora não tenha certeza se me dariam a mão ou não", disse o alemão.

Para justificar sua admiração, o campeão do mundo de 2010 lembrou que a Ferrari é "muito rápida" e "uma lenda" da história da Fórmula 1. "Escrever meu nome entre os campeões do mundo é especial, mas seria também escrevê-lo na lista de pilotos da Ferrari", admitiu, para depois ressaltar: "É meu sonho correr um dia para Maranello (sede da Ferrari na Itália)."

Ao mesmo tempo, porém, Vettel disse que não pensa em deixar a sua atual equipe neste momento. "Estou contente de estar na Red Bull, sem eles (representantes da escuderia) não teria chegado nunca à Fórmula 1", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.