Pai de Jenson Button é encontrado morto na França

Ex-piloto de provas de rali, John Button tinha 70 anos e a suspeita é que tenha sido vítima de um ataque cardíaco

AE, Agência Estado

13 de janeiro de 2014 | 15h13

LONDRES - Figura sempre presente nos boxes da Fórmula 1 nos circuitos pelo mundo, o pai do piloto Jenson Button foi encontrado morto em sua casa, no sul da França, no último domingo. Ex-piloto de provas de rali, John Button tinha 70 anos e a suspeita é que tenha sido vítima de um ataque cardíaco fulminante.

"É com grande tristeza e pesar que posso confirmar que John Button morreu em sua casa no sul da França domingo. Enquanto aguardamos a confirmação, os sinais iniciais indicam um ataque cardíaco. Um amigo que foi visitar John foi o primeiro a descobrir a trágica notícia", apontou a assessoria de Jenson Button. "Os filhos de John - Jenson, Natasha, Samantha e Tanya - e toda a família estão muito devastados e pediram para que a privacidade seja respeitada durante esse tempo extremamente difícil."

John Button era fã de automobilismo e costumava seguir o filho durante as corridas. Em 2009, ano em que Jenson faturou seu único título mundial entre os pilotos, John virou figura ilustre nos boxes da Brawn e nas comemorações pelo conquista.

"Na minha longa carreira na Fórmula 1, encontrei muitos pais de pilotos, mas acho que é seguro dizer que talvez John tenha sido mais devoto ao filho do que qualquer outro deles. Desde que Jenson era garoto, correndo no kart, seu pai estava ao seu lado, ajudando-o, conseguindo dinheiro para a próxima corrida", lamentou Martin Whitmarsh, chefe da equipe de Jenson, a McLaren.

Segundo Whitmarsh, a "devoção" de John a Jenson foi mantida ao longo dos anos. "Mesmo nos anos recentes, com Jenson já campeão mundial, o piloto mais experiente no grid da Fórmula 1, John sempre esteve presente, leal e amável como sempre, e sendo um membro popular da íntima e pequena equipe e Jenson."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Jenson Buttonmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.