Eugene Hoshiko/AP
Eugene Hoshiko/AP

Pane no software é causa do abandono de Massa, diz Ferrari

Travamento do sistema sem fio do acelerador fez com que o carro parasse; ele espera ter o kers no Bahrein

Livio Oricchio - Enviado Especial - O Estado de S. Paulo,

20 de abril de 2009 | 15h29

XANGAI - A Ferrari confirmou nesta segunda-feira, antes da viagem de Xangai para Manama, no Bahrein, onde no domingo acontece o próximo GP da temporada 2009 da Fórmula 1, que o problema que causou o abandono o brasileiro Felipe Massa da corrida foi uma pane no software que controla o sistema fly by wire (circuito eletrônico sem fio) do acelerador.

Veja também:

som Podcast: Lívio Oricchio analisa o GP da China 

tabela F-1: classificação do Mundial

especialConfira o calendário da temporada

especialESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

Esta falha, improvável mas possível de acontecer, não se repetirá na próxima corrida, promete o time italiano. Massa lamenta o fato. "Eu poderia ter chegado ao pódio (em Xangai) se não tivesse a pane no acelerador".

O brasileiro disse esperar que os problemas de isolamento do sistema elétrico de recuperação de energia (Kers) sejam solucionados. Na China a Ferrari não o utilizou por razões de segurança. "Torço muito para termos o Kers em Bahrein porque representa entre quatro décimos e meio segundo a menos no tempo de volta", afirma.

Ele acredita que o mesmo modelo F60 pode crescer muito de performance: "Confio no nosso time. Acho que ainda lutaremos pelas vitórias novamente. A minha única dúvida é se quando isso acontecer já não será tarde demais quanto ao Mundial".

A equipe, campeã mundial de Construtores do ano passado, ainda não marcou pontos na temporada, seu pior começo de temporada desde 1981. O GP do Bahrein, quarta etapa do Mundial, tem largada prevista para as 9 horas (de Brasília), no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.