Papis larga na pole no GP de Portland

Dessa vez, Hélio Castro Neves não foi o mais rápido. No qualifying para o GP de Portland de F-Indy, disputado neste sábado, o italiano Max Papis fez o melhor tempo e vai dividir a primeira fila com o brasileiro Cristiano da Matta na prova que será realizada neste domingo, em 98 voltas. Helinho larga em terceiro, com o neozelandês Scott Dixon em quarto. A pole position de Papis é um fato inusitado pois ele fazia parte do primeiro grupo do treino de classificação, dividido em duas sessões de meia hora. Participam dele os pilotos que têm as piores colocações no campeonato. Além de geralmente não estarem atravessando um bom momento, eles fazem a tomada de tempo numa pista menos emborrachada - logo, com menos aderência para os pneus, o que dificulta a obtenção de uma boa velocidade. Por outro lado, Papis teve uma vantagem. Durante a segunda sessão, saiu o sol, o que também diminui a aderência dos pneus. Enquanto Cristiano tentava diminuir o tempo de Max, Toninho da Matta, seu pai, comentava no box: "Com esse sol, vai ser difícil baixar." Dito e feito. Mas Cristiano não quis saber de desculpa: "Tentei muito, mas não foi suficiente. Faltou só um pouquinho. Claro que o tempo nublado sempre ajuda, mas não quero pôr a culpa no sol. Antes, também tinha menos borracha na pista. O Max fez um trabalho muito bom, principalmente por estar no primeiro grupo. Mas tenho carro para brigar com ele amanhã."O segundo lugar fez Cristiano se lembrar da primeira corrida do ano, em Monterrey, quando largou em na mesma posição e venceu. Foi, até agora, sua única vitória no ano, e na equipe Newman Haas. Naquela ocasião, o pole foi o sueco Kenny Brack, que lidera o campeonato mas hoje teve problemas com seu carro, cujo motor pegou fogo. E vai largar em 22º. Melhor para Cristiano, que está no pelotão intermediário, com boas chances de alcançar os primeiros. E para Helinho, que ocupa a segunda colocação, cinco pontos atrás de Brack. Veja o grid.1) Max Papis, Rahal, 57s785 2) Cristiano da Matta, Newman-Haas, 57s866 3) Hélio Castroneves, Penske, 57s944 4) Scott Dixon, Pacwest, 57s962 5) Dario Franchitti, Green, 58s057 6) Bruno Junqueira, Chip Ganassi, 58s061 7) Christian Fittipaldi, Newman-Haas, 58s112 8) Roberto Moreno, Patrick, 58s197 9) Jimmy Vasser, Patrick, 58s221 10) Patrick Carpentier, Forsythe, 58s231 11) Maurício Gugelmin, Pacwest, 58s430 12) Bryan Herta, Zakspeed/Forsythe, 58s432 13) Paul Tracy, Green, 58s443 14) Oriol Servia, Sigma, 58s499 15) Gil de Ferran, Penske, 58s534 16) Michael Andretti, Green, 58s572 17) Tora Takagi, Walker, 58s600 18) Shinji Nakano, Fernandez, 58s601 19) Max Wilson, Arciero-Blair, 58s636 20) Alex Tagliani, Forsythe, 58s662 21) Tony Kanaan, Hollywood Mo Nunn, 58s697 22) Kenny Brack, Rahal, 58s759 23) Adrian Fernandez, 58s826 24) Michel Jourdain, Bettenhausen, 58s938 25) Memo Gidley, Chip Ganassi, 59s073 26) Alex Zanardi, Mo Nunn, 59s213

Agencia Estado,

23 de junho de 2001 | 19h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.