Para Alonso, grid de largada será definido por milésimos

'Acho que estaremos todos muito igualados, mas espero ficar na frente', conta o piloto espanhol

Efe,

05 de outubro de 2007 | 11h54

O piloto espanhol Fernando Alonso, que terminou em segundo lugar com sua McLaren nos treinos livres para o Grande Prêmio da China de Fórmula 1, disse que o grid de largada será definido por questão de milésimos. Veja também: Classificação do Mundial Leia mais no Blog do Lívio Raikkonen faz o melhor tempo na 2.ª sessão na China Massa: 'todo mundo quer que Hamilton seja o campeão' "Acho que estaremos todos muito igualados, tudo será decidido em milésimos. Tomara que eu possa ser aquele à frente dos outros, principalmente na corrida", disse o espanhol. Mesmo com o domínio da Ferrari nos treinos livres - o finlandês Kimi Raikkonen foi o primeiro nas duas sessões, o atual bicampeão do mundo acha que os ingleses podem surpreender. "É um circuito em que achávamos que a Ferrari andaria muito forte e assim foi, mas nós podemos assustar. Por enquanto, começamos bem o fim de semana". Além disso, ele mostrou certo pessimismo com relação a uma possível punição ao inglês Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe - que acabou não acontecendo. "Sou bastante pessimista por natureza. O problema é que não vi nenhuma imagem nem nada. Também não assisti a nenhuma das imagens, portanto não posso falar muito sobre isso", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fernando AlonsoMcLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.