Para diretor da Ferrari, título de Massa é improvável

Stefano Domenicali acredita que Lewis Hamilton não cometerá os erros do ano passado e ficará com o Mundial

Redação,

29 de outubro de 2008 | 14h25

SÃO PAULO - Para o diretor desportivo da Ferrari, Stefano Domenicali, o título do Mundial da Fórmula 1 deve ficar com o inglês Lewis Hamilton, da McLaren. O dirigente, apesar de torcer por Felipe Massa, acha improvável que o brasileiro reverta a vantagem do rival, que é de sete pontos.   Veja também:  Blog do Livio Oricchio: Notícias e bastidores da F-1  Vote: quem leva o título da F-1: Hamilton ou Massa?  Classificação do Mundial de Pilotos e de Construtores    "Estou convicto que a McLaren só perderá o título se algo extraordinário acontecer, como no ano passado [o azarão Kimi Raikkonen ficou com a taça]", explicou Domenicali em entrevista ao Corriere Dello Sport. "Mas nós iremos lutar até o último minuto. Enquanto tivermos chance, estamos na briga."   Para que Massa fique com o título em Interlagos, neste domingo, ele precisará vencer a prova e torcer para que Hamilton chegue, no máximo, em sexto lugar.   "Cometemos muitos erros ao longo do campeonato, e isso para a Ferrari não pode ser aceito", disse Domenicali. "Sempre quisemos ter o melhor aproveitamento, mas infelizmente algumas coisas deram errado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.