Para Massa, GP da Espanha foi decidido na classificação

Brasileiro diz que ele e Raikkonen estão no mesmo nível e por isto não é possível um ultrapassar o outro

Redação

27 de abril de 2008 | 15h19

Segundo colocado no GP da Espanha deste domingo, Felipe Massa reconheceu a superioridade do companheiro de Ferrari, Kimi Raikkonen, e disse que o resultado da prova foi definido na formação do grid. O brasileiro largou em terceiro, enquanto o finlandês largou, e chegou, em primeiro.   Veja também:  Ferrari, com Raikkonen, domina e vence o GP da Espanha  GP da Espanha   "Acho que foi uma ótima corrida, mas muita coisa foi decidida na classificação de ontem [sábado]", disse o brasileiro. "Tive um bom começo, passando o [Fernando] Alonso antes da primeira curva. Depois disso, foi só seguir o Raikkonen. Não consegui ritmo para superá-lo. Os treinos mostraram que os dois estão no mesmo nível e o carro está muito bom. Então, não é possível ultrapassar."   Massa se mostrou conformado em andar sempre atrás de Raikkonen na Espanha. "Quando você não pode vencer, tem de terminar na melhor posição possível. Hoje [domingo] foi este o caso. Então só me preocupei em trazer oito pontos para casa, que certamente farão diferença no campeonato."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.