Para o chefe da Honda, Rubinho será ´outro´ neste ano

O chefe da Honda, Nick Fry, disse nesta quinta-feira que o piloto brasileiro Rubens Barrichello, sétimo colocado no último mundial, terá um desempenho "diferente" nesta temporada, que começa no dia 18 de março, com o GP da Austrália."Todos os pilotos podem ser rápidos. Acredito que veremos um outro Rubinho, que fará com que (Jenson) Button mereça o seu salário", contou Fry em entrevista à revista Autosport. No ano passado, Barrichello foi superado pelo seu companheiro, que inclusive chegou a vencer o GP da Hungria - Rubinho sequer subiu ao pódio.Fry ainda contou que tem um motivo especial para acreditar que Rubinho poderá acompanhar o ritmo de Button. "Ele está mais magro. No último inverno, perdeu cerca de cinco quilos. Além disso, Rubinho está muito mais motivado e gosta de correr com os pneus da Bridgestone (os mesmos que utilizou na Ferrari).""O Rubinho não é um piloto que faz uma única volta veloz, como muitos. Ele é experiente e possui a sua velocidade constante", contou Fry. "Ele será muito melhor agora, já que está totalmente adaptado à equipe. O diferencial que ocorreu entre Rubinho e Button, na última temporada, foi que o segundo tinha um controle melhor do sistema do carro."Apesar de já ter apresentado o carro, a Honda só deve revelar as novas cores do veículo no final deste mês - por enquanto, a equipe treina com um carro totalmente negro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.