Paris-Dacar: Klever é o 2º no geral

O piloto brasileiro Klever Kolberg, da Equipe BR Lubrax, conquistou nesta segunda-feira o melhor resultado em sua história no Rali Paris-Dacar. Ao lado do navegador francês Pascal Larroque, ele garantiu o segundo lugar na classificação geral na terceira etapa da maior e mais difícil competição off road do mundo, com um Mitsubishi Pajero Full, entre Madri (Espanha) e Rabat (Marrocos). O trecho cronometrado teve aproximadamente cinco quilômetros ao redor do complexo olímpico da cidade espanhola, e a chuva da noite anterior transformou a pista em um verdadeiro lamaçal.Antes mesmo de saber do excelente resultado, logo após cruzar a linha de chegada, Klever Kolberg mostrava-se pouco confiante. "Acho que hoje conseguimos recuperar algumas posições, pois no dia anterior desperdiçamos muito tempo trocando dois pneus furados. Essa situação custa caro porque você perde várias posições", explicou o brasileiro.Klever chegou a justificar o suposto desempenho dos concorrentes, principalmente os europeus. "Eles estão correndo em casa e conhecem o circuito", afirmou ele, sem ainda saber que havia ficado com a segunda posição na classificação geral.As boas notícias para o Brasil não param por aí. Luiz Mingione, estreante no Paris-Dacar, venceu a segunda etapa seguida na categoria motos Super Production até 250 cilindradas, com uma Honda Tornado Rally.Juca Bala, colega de Mingione na Equipe BR Lubrax, ficou em 16º na categoria Super Production até 400 cilindradas. O carioca Armando Pires, da equipe Drakar, da Normandia, com uma KTM 660, garantiu o 23º lugar também na Super Production. Luiz Azevedo, da CDI Competições, pilotando uma Honda XR 400, ficou em 28º, enquanto Marcelo Quelho, do mesmo time, conseguiu a 30ª posição.O brasileiro André Azevedo e os checos Tomas Tomecek e Mira Martinec, com um caminhão Tatra, da Equipe BR Lubrax, não disputaram a etapa entre Madri e Rabat. A organização cancelou o trecho cronometrado para a categoria caminhões por causa das más condições da pista.Na geral, o vencedor nas motos foi o espanhol Nani Roma, pilotando uma KTM 660 cilindradas. Nos carros, mais uma vez deu Espanha, com a dupla Fernando Gil e Rafael Tornabell, com um Seat Cordoba.Nesta terça-feira, o Paris-Dacar irá de Rabat até Er Rachida, no Marrocos. O percurso total tem 534 km, sendo 80 km cronometrados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.