Paris-Dacar tem 4 vitórias brasileiras

Os pilotos brasileiros conseguiram excelentes resultados na penúltima etapa do Rali Paris-Dacar, no trecho entre Kiffa (Mauritânia) e Dacar (Senegal), disputado neste sábado. André Azevedo e os checos Tomas Tomecek e Mira Martinec venceram a categoria caminhões. Klever Kolberg, ao lado do navegador francês Pascal Larroque, ganhou na Super Production para carros a diesel. Juca Bala foi o melhor entre as motos até 400 cilindradas. E Luiz Mingione conquistou o primeiro lugar na Super Production entre as motos até 250 cilindradas e, neste domingo, pode se tornar campeão da prova.Neste domingo, acontece a última etapa do Rali, com apenas 31 quilômetros cronometrados. A largada será na praia de Dacar. Depois, o circuito se desenvolverá entre dunas e vai percorrer as margens do Lago Rosa, na periferia da cidade. Esta será a etapa mais curta de toda a prova, que começou dia 28 de dezembro em Arras e atravessou cinco países da Europa (França e Espanha) e África (Marrocos, Mauritânia e Senegal).O trecho entre Kiffa e Dacar era a segunda fase da etapa "Maratona", com dois dias de duração, na sexta e no sábado, e 1.500 quilômetros no total. Os resultados foram computados separadamente e Klever Kolberg ficou em segundo na categoria (11º na geral). Juca foi o campeão na Super Production até 400 e 11º entre todas as motos. Mingione garantiu o 45º melhor tempo na geral. André Azevedo ficou em 10º entre os caminhões.O Brasil teve oito veículos inscritos no Rali, com dois caminhões (um de corrida e outro de assistência), cinco motos e um carro. De todos eles, apenas duas motos deixaram a competição. O primeiro piloto a sair foi o paranaense Marcelo Quelho, que sofreu um acidente numa etapa no Marrocos e teve a clavícula quebrada. Depois foi a vez do carioca Armando Pires, que teve desidratação e acionou o resgate da organização antes da chegada ao acampamento de Tichit, na Mauritânia. Ele ficou três internado em uma clínica de Dacar e seguirá neste sábado à noite para Paris. Além de André, Klever, Mingione e Juca, Luiz Azevedo continuou na prova.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2002 | 15h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.