Penske é arma da IRL para superar Indy

A Indy Racing League aguarda a chegada da Penske e prepara-se para seu maior campeonato em 2002. Na sétima temporada - a IRL existe desde 96 - Tony George, dono de Indianápolis, deverá superar a Cart, categoria concorrente da qual se separou no final de 95. A Penske ainda não anunciou que trocará a Cart pela IRL no ano que vem. Mas Roger Penske já deu algumas pistas de que isso é inevitável. "A IRL vai ganhar muito com a chegada da Penske, a maior equipe de automobilismo dos Estados Unidos. Mas há também um lado perigoso: a Penske, com certeza, vai aumentar muito o patamar de custos das equipes", analisa o empresário Willy Hermann, da Image, empresa que representa a IRL no Brasil. O budget de uma equipe de ponta da IRL, hoje, não passa de US$ 7 milhões. A expectativa é que a Penske chegue, facilmente, aos US$ 20 milhões.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.