Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Pérez surpreende e coloca Force India na frente no 1º treino livre na Itália

O outro carro da equipe também teve bom desempenho, com o francês Esteban Ocon garantindo a terceira posição

Estadão Conteúdo

31 Agosto 2018 | 08h10

O fim de semana do GP da Itália, a 14ª das 21 etapas da temporada 2018 da Fórmula 1, começou com um resultado surpreendente. Se aproveitando das condições adversas no circuito de Monza, o mexicano Sergio Pérez, da Force India, liderou o primeiro treino livre da tradicional prova, realizado inicialmente com a pista molhada pela chuva.

Pérez, então, aproveitou que o traçado do circuito foi secando durante a atividade, especialmente em sua parte final, para cravar a melhor marca do primeiro treino livre em Monza, com o tempo de 1min34s00. Assim, deixou para trás os pilotos que vem protagonizando a luta pelo título mundial - o britânico Lewis Hamilton e o alemão Sebastian Vettel -, mas que foram coadjuvantes no início da preparação para o GP da Itália.

Quem mais se aproximou de Pérez foi o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que marcou 1min34s550. E o outro carro da Force India também teve bom desempenho no primeiro treino livre, com o francês Esteban Ocon garantindo a terceira posição, com a marca de 1min34s593.

Os dois carros da Force India e Raikkonen foram os únicos pilotos a cravarem voltas em menos de 1min35 no primeiro treino livre em Monza. E o trio foi seguido pelo neozelandês Brendon Hartley, da Toro Rosso, na quarta posição, após liderar boa parte da atividade, e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, em quinto.

O francês Pierre Gasly colocou a sua Toro Rosso em sexto lugar, logo à frente do holandês Max Verstappen, da Red Bull. E os dois carros da Renault vieram em seguida, na classificação do primeiro treino livre do GP da Itália, com o espanhol Carlos Sainz em oitavo lugar e o alemão Nico Hulkenberg em nono.

Só aí, então, apareceram os carros da Mercedes. O melhor deles foi o finlandês Valtteri Bottas, em décimo lugar. E Hamilton, que lidera o campeonato, deu apenas seis voltas rápidas nos 90 minutos da atividade, a fechando em 11º lugar, a 2s546 de Pérez.

O espanhol Fernando Alonso, que faz as suas últimas provas na Fórmula 1, foi o 14º colocado pela McLaren. E Vettel, que chegou ao GP da Itália embalado pela vitória no último fim de semana na Bélgica, foi piloto que deu menos voltas no primeiro treino livre em Monza - quatro -, fechando a sessão em uma modesta 17ª posição, com desvantagem de 3s867 para o primeiro colocado.

As atividades para o GP da Itália prosseguem nesta sexta-feira, às 10 horas (de Brasília), com a realização do segundo treino livre. A sessão de classificação está agendada para as 10h do sábado, enquanto a largada para a corrida em Monza ocorrerá às 10h10 de domingo.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Sergio Pérez Force India

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.