Perueiros ameaçam tumultuar GP Brasil

Os perueiros ameaçam tumultuar o Autódromo de Interlagos, na zona sul da capital, dia 1º de abril, quando será realizado o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1. Eles pretendem fechar as entradas se a Prefeitura não atender as reivindicações definidas, em assembléia, que reuniu, ontem de manhã , 1.180 perueiros na Praça Charles Miller, no Pacaembu, zona oeste da cidade. A categoria exige: circular nos próximos 180 dias nas mesmas linha em que já operam, autorização para trafegar nos dias de rodízio, faixa de identificação em todos os veículos, permissão para ter um segundo motorista no carro, liberdade para trocar os carros já identificados e conclusão do edital da novo processo de licitação em 60 dias. Os perueiros prometem parar seus carros na frente do autódromo e fazer uma manifestação. "Vai ter imprensa do mundo inteiro lá e nós vamos mostrar que a prefeita, que disse que seria pelo social, está contra os trabalhadores", diz o vice-presidente da coorperativa Transcooper, Francisco de Mola Neto, o China.Leia Mais

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.