Ricardo Mazalan/AP
Ricardo Mazalan/AP

Peterhansel vence 7ª etapa e diminui a vantagem de Nasser no Dakar

Catariano chega em quarto lugar e continua na liderança do rali

Redação, Estadão Conteúdo

14 Janeiro 2019 | 19h46

O francês Stéphane Peterhansel venceu, nesta segunda-feira, a sétima etapa da edição 2019 do Rally Dakar, disputada no Peru, com o tempo de 4h00min01s, num total de 387 quilômetros, 323 dos quais cronometrados, com largada e chegada em San Juan de Marcona. Esta foi a segunda vez que o piloto, vencedor 13 vezes do rali, chegou uma etapa deste ano em primeiro lugar.

O espanhol Nani Roma ficou na segunda colocação, com 4min33 de desvantagem para Perterhansel. Carlos Sainz, também da Espanha, ficou com o terceiro lugar.

Mas a liderança entre os carros permanece com Nasser Al-Attiyah, do Catar, quarto colocado nesta segunda-feira, 11min58s atrás do líder, que acumula um tempo total de 25h13min30s, 29min16s a menos que Peterhansel.

Roma é o terceiro colocado na classificação geral, com 37min59s atrás do líder. O francês Sébastien Loeb está em quarto lugar, com 54min12s de desvantagem, enquanto o seu compatriota Cyril Despres ocupa a quinta colocação, atrás 1h20min01s.

Entre as motos, a vitória da etapa foi do britânico Sam Sanderland, com o tempo de 3h51min41s. A liderança do rali é do norte-americano Ricky Brabec, com 6min55 de vantagem sobre o australiano Toby Price. O chileno Pablo Quintanilla perdeu a liderança entre as motos, após completar 21min07s atrás de Sanderland.

O Dakar prossegue nesta terça-feira com a oitava etapa, entre San Juan de Marcona e Pisco, com 576 quilômetros, 361 deles cronometrados. Esta edição do Rali Dakar foi reduzida e terá todas as suas dez etapas no Peru, até a próxima quinta-feira.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Rally DakarRali

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.