Petrov diz que Alonso não buscou ultrapassagem

O russo Vitaly Petrov, da Renault, foi decisivo para o título de Sebastian Vettel na atual temporada da Fórmula 1. No GP de Abu Dabi neste domingo, ele segurou Fernando Alonso durante boa parte da corrida e impediu que o espanhol chegasse entre os primeiros colocados, o que resultou na conquista do alemão.

AE, Agência Estado

14 de novembro de 2010 | 17h12

Muito criticado por Alonso ao término da corrida, Petrov se defendeu. Disse que evitaria uma batida se o espanhol tentasse alguma manobra mais agressiva. E garantiu que o piloto da Ferrari não buscou a ultrapassagem.

"Tive uma longa batalha com Fernando, mas o carro estava com uma velocidade boa, então eu fui capaz de controlar a situação. Eu apenas fiz meu trabalho", garantiu o piloto da Renault, que terminou em sexto, uma posição na frente de Alonso.

"Se ele tivesse tentado alguma manobra, eu certamente iria evitar o choque, mas ele não tentou isto. Eu vim aqui para lutar, como qualquer piloto, e mostrei hoje (domingo) que sou capaz", assegurou Petrov.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP de Abu DabiVitaly Petrov

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.