Petrov e Glock são punidos com perda de cinco posições no GP da Itália

Russo foi punido por ter atrapalhado Glock, que por sua vez acabou sancionado por ter trocado o câmbio

Efe,

11 de setembro de 2010 | 14h30

MONZA - O russo Vitaly Petrov (Renault) e o alemão Timo Glock (Virgin) foram punidos com a perda de cinco posições no grid de largada para o Grande Prêmio da Itália.

Veja também:

linkAlonso consegue a pole do GP da Itália; Massa larga em terceiro 

 

Os comissários da prova sancionaram o piloto russo por ter atrapalhado Glock no treino classificatório deste sábado ao entrar na pista quando o alemão iniciava sua volta rápida, e com isso Petrov largará amanhã em 20º lugar.

 

Já Glock recebeu a punição por ter trocado o câmbio de seu carro, o que é proibido pelo regulamento, e caiu para o 24º e último lugar no grid. Entre os beneficiados com o ganho de uma posição estão os brasileiros Bruno Senna e Lucas Di Grassi, que subiram respectivamente para 21º e 22º.

 

A pole position foi registrada por Fernando Alonso (Ferrari), que completou a melhor volta da sessão em 1min21s962. O segundo colocado foi Jenson Button, da McLaren (1min22s084).

 

Felipe Massa, da Ferrari, ficou em 3º (1min22s293), e Rubens Barrichello, da Williams, em 10º.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.