Petrov espera decisão sobre futuro na F1 na semana que vem

Vitaly Petrov espera que seu futuro na Fórmula 1 seja resolvido na semana que vem, e pode se tornar piloto de testes da fornecedora de pneus Pirelli.

IAN GORDON, REUTERS

25 de janeiro de 2012 | 16h13

O russo também foi associado a uma mudança para a escuderia malaia Caterham F1 como substituto do veterano italiano Jarno Trulli, depois de perder o lugar na Renault (agora Lotus) no fim da última temporada.

"Não posso dizer nada sobre o que farei este ano", disse Petrov a jornalistas após comparecer inesperadamente a uma apresentação da Pirelli em Abu Dhabi.

"Por favor, esperem um pouco, mais uma semana. Quero dizer algo, mas não posso dizer nada no momento."

"Quero ficar na F1 porque, se eu perder um ano, será muito difícil voltar e conseguir um lugar em 2013. Por isso é importante ficar."

A temporada da Fórmula 1 começa em Melbourne, na Austrália, no dia 18 de março.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Vitaly Petrovvelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.