Petrov se defende das reclamações de Alonso

ABU DABI - O piloto russo Vitaly Petrov, da Renault, que neste domingo passou boa parte do Grande Prêmio de Abu Dabi de Fórmula 1 imediatamente à frente do espanhol Fernando Alonso e impediu que o piloto da Ferrari conquistasse o tricampeonato, se defendeu após a corrida.

EFE

14 de novembro de 2010 | 16h33

Veja também:

link Vettel é o novo campeão da Fórmula 1

link Alonso se diz conformado com perda do título

"Tive uma longa batalha com Fernando. Graças à velocidade do carro, fui capaz de controlar a situação. Simplesmente fiz meu trabalho. Se ele tivesse chegado mais perto de ultrapassar, eu teria tentado evitar o contato. Mas não aconteceu", declarou o piloto da Renault.

Sexto colocado na corrida, uma posição à frente de Alonso, Petrov disse ainda que sabia que ultrapassar no circuito da Yas Marina era uma missão complicada.

"Foi uma corrida dura, em um circuito no qual sabíamos que era muito difícil ultrapassar. Fomos rápidos todo o fim de semana e estou muito orgulhoso do trabalho da equipe", disse Petrov, sexto colocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.