Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

'Piada' com mexicanos faz piloto da Fórmula 1 cancelar patrocínio

Hawkers ironizou os moradores do país após a eleição de Donald Trump

O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2016 | 11h14

A eleição de Donald Trump como novo presidente dos Estados Unidos repercutiu até mesmo na Fórmula 1. Patrocinadora de Sergio Perez, a empresa de óculos Hawkers resolveu fazer uma "piada" com os mexicanos após a eleição de Donald Trump, dizendo que eles poderiam usar um óculos da empresa para "esconder os olhos de choro enquanto estivessem construindo o muro", em referência a uma das propostas do presidente eleito para delimitar as fronteiras do país latino com os Estados Unidos. A mensagem irônica foi recebida com indignação pelo piloto da Force India, que decidiu cancelar todos os seus vínculos com a Hawkers.

"Um comentário muito ruim. Hoje estou quebrando minha relação com a @HawkersMX. Nunca deixarei alguém fazer piada do meu país", disse o piloto em sua rede social. Diante da repercussão negativa do caso, a Hawkers apagou a postagem que iniciou a polêmica e publicou uma série de mensagens tentando explicar a intenção inicial e desculpar-se com os consumidores.

A empresa, sediada nos Estados Unidos, assinou um contrato de patrocínio com Perez recentemente e, na última semana, lançou uma edição de óculos batizada com o nome do piloto, que tem grande apelo popular no México.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.