Reprodução
Reprodução

Pietro Fittipaldi sofre grave acidente e fratura perna em Spa-Francorchamps

Piloto acertou a proteção de pneus a alta velocidade quando perdeu o controle do carro na curva Eau Rouge, uma das mais famosas da F-1

Felipe Rosa Mendes, Estadão Conteúdo

04 Maio 2018 | 16h54

Uma das promessas do automobilismo brasileiro, Pietro Fittipaldi sofreu um grave acidente nesta sexta-feira durante o treino das Seis Horas de Spa-Francorchamps, no tradicional circuito na Bélgica. Em ascensão no automobilismo mundial, o neto de Emerson faria sua estreia no Mundial de Endurance (WEC) neste fim de semana.

+ BLOG CONVERSA DE PISTA: Futuro volta em nova Fórmula

De acordo com o pai de Pietro, Gugu Cruz, o piloto de 21 anos sofreu uma fratura exposta na perna esquerda. "Ainda não sabemos nada sobre a gravidade e o tempo de recuperação", afirmou Cruz, em entrevista ao Estado. "Estava em Frankfurt, onde o Enzo vai correr neste fim de semana e acabei de pegar quatro horas de estrada para chegar aqui", afirmou, ao se referir ao irmão de Pietro, Enzo, de 16 anos.

Segundo o pai do piloto, Pietro está passando por cirurgia neste momento no Centre Hospitalier de la Citadelle, na cidade belga de Liège, para onde foi transportado via helicóptero logo após o grave acidente.

O neto do bicampeão de Fórmula 1 acertou a proteção de pneus a alta velocidade quando perdeu o controle do seu carro, da equipe DragonSpeed, na curva Eau Rouge, uma das mais famosas da F-1, onde os carros superam com facilidade os 300 km/h.

Para Gugu Cruz, a forte batida teve como causa uma pane elétrica no carro. "Se você ver o vídeo do acidente, dá para perceber isso claramente, porque as luzes acendem e apagam enquanto ele percorre a curva", declarou o pai do piloto. A equipe ainda não se manifestou sobre as causas do acidente.

O piloto foi extraído do carro com consciência e não corre risco de morte, segundo a organização do Mundial de Endurance. Como a cirurgia ainda está em andamento, não há maiores informações sobre o atual estado de saúde do piloto.

Uma das apostas do Brasil para voltar à Fórmula 1, o neto de Emerson Fittipaldi vive grande fase no automobilismo mundial. Atual campeão da Fórmula V8, ele decidiu participar de três categorias neste ano. Além do Mundial de Endurance (WEC), ele disputa a Fórmula Indy e a Super Fórmula japonesa.

Mais conteúdo sobre:
Pietro Fittipaldi Emerson Fittipaldi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.