Christian Bruna/AFP
Christian Bruna/AFP

Piloto da F-1, Lando Norris tem relógio de R$ 285 mil roubado após a final da Eurocopa em Wembley

Britânico de 21 anos tem relógio roubado por dois homens no estacionamento do estádio londrino

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2021 | 17h28

O piloto de Fórmula 1 Lando Norris foi agredido e assaltado na noite de domingo, dia 11, após a final da Eurocopa em Wembley, perdida pela Inglaterra para a Itália nos pênaltis. Segundo a imprensa local, o britânico de 21 anos teve um relógio Richard Mille avaliado em 40 mil libras (cerca de R$ 285 mil) levado por dois homens quando entrava em seu carro no estacionamento do estádio londrino. 

Em um comunicado divulgado nesta segunda-feira, a McLaren confirmou o incidente. A equipe informou que o piloto não se machucou, mas está "abalado" e que "o caso está nas mãos da polícia." 

Atualmente em 4º lugar geral no Mundial de F-1, Norris disputará o GP da Inglaterra em Silverstone neste fim de semana. Seu caso se soma a série de distúrbios ocorridos antes e depois da final da Eurocopa.

As medidas de segurança do jogo foram amplamente criticadas após centenas de torcedores sem ingressos invadiram os portões de entrada de Wembley, conseguindo entrar no estádio e ocupando os assentos de espectadores que possuíam ingressos. 

Diferentes vídeos publicados nas redes sociais mostraram ataques violentos nos corredores do Estádio de Wembley. Vários agentes de segurança ficaram feridos e a polícia fez 53 prisões.  

Tudo o que sabemos sobre:
Lando NorrisEurocopaMclarenFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.