Piloto Lewis Hamilton é alvo de racismo na Espanha

Segundo a imprensa espanhola, torcedores de Alonso chamaram o inglês de 'negro de merda'

Efe,

03 de fevereiro de 2008 | 12h05

O piloto inglês Lewis Hamilton, da McLaren, foi alvo de racismo nos treinos da Fórmula 1 realizados neste fim de semana na Espanha, no Circuito de Montmeló, segundo informou neste domingo a imprensa local.   Um grupo de torcedores gritou "negro de merda" quando Hamilton apareceu nos boxes da McLaren. De acordo com o jornal Marca, os torcedores também levaram cartazes para hostilizar o piloto.   Os torcedores que ofenderam Hamilton seriam fãs do espanhol Fernando Alonso, que em 2007 enfrentou atritos com o inglês na McLaren - motivo que levou o espanhol a retornar para a Renault.   Ainda segundo a imprensa espanhola, dois torcedores teriam sido expulsos do circuito e os responsáveis pela organização reforçaram a segurança nos boxes da McLaren.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.