Piloto revela que disputou Nascar sob efeito de heroína

Norte-americano Aaron Fike diz que consome a droga há seis anos e pede maior rigor no antidoping

09 de abril de 2008 | 20h20

O piloto norte-americano Aaron Fike, de 25 anos, admitiu nesta quarta-feira ter disputado provas da Nascar, de 2004 a 2006, sob efeito de heroína. Ele consome a droga há seis anos e disse ter feito a revelação para que a categoria melhore seu controle antidoping. Desde 2000, a Nascar, a principal categoria do automobilismo norte-americano, suspendeu, por tempo indefinido, sete pilotos por uso de drogas, entre eles Aaron Fike.

Tudo o que sabemos sobre:
Nascardoping

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.