Pilotos da McLaren revelam ansiedade por GP da Coreia

Depois de dois resultados ruins da equipe, em Cingapura e no Japão, os pilotos da McLaren admitem a ansiedade para a disputa da próxima corrida do calendário da Fórmula 1. Afinal, eles esperam conseguir a recuperação no GP da Coreia da Sul, que acontecerá no dia 24 de outubro. Mas também existe a expectativa de estrear num novo circuito na categoria, recém-construído na cidade de Yeongam.

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2010 | 19h12

Com os últimos resultados, os pilotos da McLaren ficaram mais longe da liderança do campeonato, mas seguem com chances de título. Lewis Hamilton é o quarto colocado, com 192 pontos, enquanto Jenson Button está em quinto, com 189. O líder é o australiano Mark Webber, da Red Bull, que já soma 220 pontos, seguido pelo espanhol Fernando Alonso e pelo alemão Sebastian Vettel.

"Estou ansioso por essa corrida. Acredito que pode ser positiva para a gente. Apesar de os resultados recentes não terem mostrado isso, temos um carro forte. Agora, espero ter a chance de mostrar isso na pista", disse Hamilton, cujo melhor resultado nas últimas três etapas foi o quinto lugar no Japão.

Hamilton, inclusive, contou ter treinado no simulador para conhecer melhor a pista sul-coreana. "Minha primeira impressão é extremamente positiva. No papel, o circuito pode ser muito bom para o nosso carro", avaliou o piloto inglês da McLaren, que já foi campeão da Fórmula 1 na temporada de 2008.

"É sempre excitante conhecer um circuito novo. A pista na Coreia parece ser muito interessante, uma verdadeira mistura de diferentes características, com alguns pontos de ultrapassagem", afirmou Button, que é o atual campeão da Fórmula 1 - título conquistado quando ainda estava na equipe Brawn GP.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da CoreiaMcLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.