Pilotos da Renault ficam mais confiantes para Austrália

Depois de uma fraca estreia na temporada 2010 da Fórmula 1, no Bahrein, com Robert Kubica na 11.ª colocação e Vitaly Petrov abandonando a prova, a Renault espera melhorar seu desempenho no GP da Austrália, segunda etapa do Mundial, no próximo domingo.

AE, Agência Estado

22 de março de 2010 | 14h02

Principal esperança de bons resultados para a escuderia neste ano, o polonês Kubica demonstrou confiança para a corrida deste final de semana. "Antes do início da temporada eu já achava que Melbourne seria um melhor circuito para nós do que o Bahrein. Agora que vimos os outros carros correndo e temos mais informações, essa impressão cresceu ainda mais", declarou.

Estreando na Fórmula 1 nesta temporada, o russo Vitaly Petrov demonstra menos otimismo que o companheiro em relação à briga pelas primeiras posições. Para ele, o importante agora é chegar mais próximo da zona de pontuação.

"Meu objetivo tem que ser ficar cada vez mais próximo dos dez primeiros, sem cometer erros. O melhor agora é aprender sobre a pista e entender como ela funciona, dar uma volta para sentir o que eu terei que fazer. Farei o melhor trabalho que conseguir e verei no que vai dar", comentou Petrov.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.