Nelson Almeida/ AFP
Nelson Almeida/ AFP

Pilotos já pensam na próxima temporada da Fórmula 1

Mercedes e Ferrari já trabalham no carro de 2016

Almir Leite, Felipe Rosa Mendes e Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2015 | 07h00

A Fórmula 1 chegou ao GP do Brasil com o título de pilotos decidido em favor de Lewis Hamilton e o de construtores vencido pela Mercedes. Como consequência, pilotos e equipes competiram em Interlagos com a cabeça em 2016. A preparação para a próxima temporada está adiantada, e logo após o GP de Abu Dabi haverá treinos com os novos carros.

Por isso, ninguém resistiu à vontade de olhar para a frente, para a próxima temporada. Nico Rosberg, que no domingo assegurou o vice-campeonato, sabe que a Mercedes colocará à sua disposição um equipamento que lhe permitirá lutar pelo título. E este será seu principal desafio: bater, enfim, o companheiro Lewis Hamilton, tricampeão mundial neste ano.

O alemão não acha que deva mudar alguma coisa em seu comportamento para derrubar o inglês. “Não creio que precise, ou queira, mudar. Só tenho de evoluir constantemente, mas isso todo piloto tem de fazer.’’

Sebastian Vettel, que neste seu primeiro ano de Ferrari cumpriu o objetivo de conseguir vitórias (ganhou três corridas), espera poder competir em igualdade de condições com a Mercedes em 2016. Define o trabalho que está sendo pela equipe feito como “promissor”, mas pondera: “Ideia mesmo do que poderá acontecer só vamos ter quando o carro for à pista.’’

O tricampeão Lewis Hamilton revelou que já esteve na fábrica da Mercedes e gostou do que viu. “Fiquei confiante. Confio totalmente nas decisões da equipe para 2016. Vamos progredir.’’

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.