Pilotos lamentam o fim da Minardi

Comprada pela Red Bull, a Minardi se despede da Fórmula 1 neste domingo, quando acontece o GP da China, o último da temporada 2005. A partir do ano que vem, com uma nova estrutura, a equipe mudará de nome e deixará de ser independente. E deixará saudades em alguns pilotos da categoria.O campeão Fernando Alonso é um deles. O piloto espanhol da Renault disputou suas primeiras corridas de Fórmula 1 pela Minardi. ?Me sinto orgulhoso por ter feito parte da equipe em 2001. Ela foi um exemplo para muita gente?, revelou o dono do título da atual temporada. ?Agora, tudo se resume a uma questão de negócios, mas para a Minardi era apenas uma questão de corrida de carros?, lembrou Alonso. ?Foi algo bom para a Fórmula 1.?O companheiro de Alonso na Renault, o italiano Giancarlo Fisichella, também começou carreira na equipe que agora acaba. ?Estou muito triste de vê-los partir. Meu primeiro teste na Fórmula 1 foi ali, minha primeira corrida também. Só tenho a agradecer à Minardi pela oportunidade que me ofereceu?, disse o piloto.A Minardi disputou 20 temporadas da Fórmula 1 e, neste período, só marcou 38 pontos - sem os mesmos recursos financeiros de outras equipes, nunca esteve em condições de vencer uma corrida. Agora, deixa de existir como foi até agora e, nas mãos da Red Bull, passará a ter outro papel na categoria.

Agencia Estado,

13 de outubro de 2005 | 15h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.