Nelson Almeida/ AFP
Nelson Almeida/ AFP

Pilotos pedem mais emoção nas corridas de Fórmula 1 em 2016

'Era diferente, tinha mais ultrapassagens nas corridas', diz Vettel

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2015 | 07h17

Os três primeiros colocados no GP do Brasil de Fórmula 1 deste domingo, em Interlagos, reforçaram o antigo pedido dos fãs de velocidade e disseram que a categoria precisa propiciar mais ultrapassagens. O vencedor da prova, o alemão Nico Rosberg, assim como os outros dois presentes ao pódio, o inglês Lewis Hamilton e o também alemão Sebastian Vettel, afirmam que é preciso mudanças, mas lamentaram que isso dependa dos dirigentes.

A prova em Interlagos teve poucas ultrapassagens e para os pilotos, isso deve às características da pista e da Fórmula 1 atual. "Se você prestar atenção no que era há 10, 20 anos atrás, era diferente e tinha mais ultrapassagens nas corridas", comentou Vettel, da Ferrari. Segundo o alemão, atualmente é muito impossível passar por um concorrente mesmo que esteja até dois décimos de segundo mais rápido.

Vettel explicou que a categoria pode ser mais equilibrada com uma mudança nos compostos de pneu. "É simples. Melhores pneus nos fariam ir mais rápidos. Pilotos sempre querem mais velocidade. Infelizmente, o esporte é muito político, com diferentes interesses de variadas pessoas. Penso que o melhor seja dar ao fornecedor, neste caso a Pirelli, a chance de melhorar o produto", afirmou.

O tricampeão Hamilton também não poupou críticas aos dirigentes. "O que nós falamos sobre isso não importa. Os grandes chefes tomam as decisões independente se escolhem o que é melhor ou não", afirmou. O inglês explicou que a categoria atual não é atraente para os fãs verem pela televisão e seria interessante ter alguma mudança para facilitar mais disputas na pista.

Neste domingo, o piloto da Mercedes lamentou que Interlagos não propicia pontos de ultrapassagem como outros autódromos e por isso a prova foi monótona, com o domínio do alemão Nico Rosberg. "Se tiver uma provável mudança, acho que deveríamos olhar como positiva para todos nós", disse o inglês. O companheiro de equipe dele concordou. "Sem dúvida sempre precisamos pensar em melhorar o nosso esporte".

A Fórmula 1 prepara para 2017 uma nova grande mudança no regulamento, mas ainda não foi comentado sobre como facilitar ultrapassagens. A categoria tem se preocupado principalmente em devolver barulho aos carros, já que som abafado dos motores turbo, implantados em 2014, gerou críticas dos fãs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.