Piquet e Massa param pelo caminho e Vettel vence a Corrida dos Campeões

Tetracampeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel sofreu na temporada 2015 com a supremacia da Mercedes, mas não terminará o ano sem nenhum título. Neste sábado, o piloto alemão levantou o troféu da Corrida dos Campeões, realizada em Londres. Foi a primeira vez que ele pôde comemorar a conquista da tradicional prova do automobilismo.

Estadão Conteúdo

21 Novembro 2015 | 18h25

"Claro que estou muito feliz e honrado por vencer, mas levou um bom tempo! Muitos pilotos de nível mundial já ganharam este troféu. Eu tentei vencê-lo em muitas vezes e falhei, mas desta vez tive sucesso", celebrou o alemão.

Depois de dez anos sem representantes, o Brasil voltou a participar da competição com dois representantes neste fim de semana. Mas Nelsinho Piquet e Felipe Massa não foram bem. O primeiro parou nas oitavas de final, derrotado por Tom Kristensen, enquanto o segundo foi só um pouco além e perdeu nas quartas para David Coulthard.

Piquet e Massa também decepcionaram quando atuaram como dupla, na Copa das Nações. Eles representaram o Brasil, mas caíram logo na primeira fase diante dos ingleses Andy Priaulx e Jason Plato, que se sagrariam campeões.

Antes das disputas deste sábado, os pilotos prestaram homenagens a Michael Schumacher, que segue se recuperando do grave acidente sofrido quando esquiava há quase dois anos. Ao longo de sua caminhada até a conquista, Vettel passou por Petter Solberg, Nico Hulkenberg, David Coulthard e, finalmente, Tom Kristensen.

Já os brasileiros não tiveram a mesma sorte. Nelsinho caiu logo de cara diante de Kristensen, enquanto Massa ainda bateu Jenson Button antes de perder para Coulthard. Participaram da prova ainda nomes como Daniel Ricciardo, Romain Grosjean e Ryan Hunter-Reay.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.