Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Pirelli confirma escolhas de pneus para primeiras provas da F-1 de 2019

Estas combinações foram definidas para o GP da Austrália, Bahrein, China e Azerbaijão

Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2018 | 19h14

A Pirelli anunciou oficialmente nesta segunda-feira as escolhas de pneus e os jogos de compostos obrigatórios que as equipes terão de usar nas quatro primeiras provas da temporada de 2019 da Fórmula 1. Estas combinações foram definidas para o GP da Austrália, cujo final de semana da corrida será entre 15 e 17 de março, e para as disputas que ocorrerão em seguida no Bahrein (dos dias 29 a 31 do mesmo mês), na China (entre 12 e 14 de abril) e Azerbaijão (duas semanas depois).

Os pneus duros, médios e macios foram os determinados para estas corridas que ocorrerão em Melbourne, Sakhir, Xangai e Baku, sendo que uma das novidades para a próxima temporada é a de que serão utilizadas apenas três cores (branca, amarela e vermelha) para diferenciar, com faixas laterais, os tipos de compostos. E serão cinco especificações disponíveis, com o C1 identificado como o mais duro e o C5 como o mais macio.

Nesta última temporada, sete cores foram usadas para qualificar a característica de cada pneu: rosa (hipermacio), roxa (ultramacio), vermelha (supermacio), amarela (macio), branca (médio), azul (duro) e laranja (superduro).

Por meio da nota que divulgou nesta segunda-feira, a Pirelli também informou que cada piloto deverá guardar um jogo de pneu do mais macio entre os três compostos indicados para o fase derradeira do treino de classificação para o grid, o Q3. "Este jogo será então devolvido por aqueles que se classificarem entre os dez melhores, mas os pilotos restantes poderão mantê-lo para a corrida", explicou a fornecedora única de compostos da F-1.

A Pirelli ainda destacou que "cada piloto deve manter um jogo de pneu de cada opção disponível para uso na corrida", que "as equipes são livres para escolherem os dez jogos de pneus restantes, o que garante, no total, 13 jogos disponíveis para o fim de semana" e ainda que "as seleções de pneus para eventos fora da Europa precisam ser feitas com 14 semanas de antecedência e, para as disputas em solo europeu, o prazo é de oito semanas de antecedência".

 

 

Mais conteúdo sobre:
PirelliFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.