Reprodução/Pirelli
Reprodução/Pirelli

Pirelli define pneus para as duas primeiras etapas da Fórmula 1 em 2017

Próxima temporada terá mudança no tamanho dos pneus para aumentar velocidade dos carros

Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2016 | 16h19

A temporada 2016 da Fórmula mal acabou e a categoria já sabe quais serão os tipos de pneus obrigatórios para as duas primeiras etapas do ano que vem. Nesta quinta-feira, a Pirelli definiu os três compostos que deverão ser utilizados pelas equipes no GP da Austrália e no GP da China.

A empresa que fornece os pneus para a principal categoria do automobilismo determinou que para o GP da Austrália, que acontecerá no dia 26 de março e abre a temporada, os compostos disponíveis serão o macio e o supermacio, para a corrida, e o ultramacio, para o treino de classificação.

Já na segunda etapa, na China, no dia 9 de abril, a Pirelli definiu que os pneus médios e macios estarão disponíveis para a prova, enquanto o supermacio será utilizado no treino de classificação.

Vale lembrar que em 2017, os pneus da Fórmula 1 sofrerão transformações e serão 25% mais largos do que os utilizados nos últimos anos. "Foi estimado que os novos pneus, combinados com um aumento na tração, produzirão carros que serão entre três e cinco segundos mais rápidos por volta do que em 2016", explicou a categoria.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1PirelliAustráliaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.