Pirelli define pneus para Coreia, Japão e Índia na F1

A Pirelli anunciou nesta terça-feira os tipos de pneus que irá fornecer para os GPs da Coreia do Sul, do Japão e da Índia de Fórmula 1, que serão as três etapas seguintes do Mundial após a prova deste domingo, em Cingapura.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 13h04

As três corridas em questão serão realizadas em outubro e a fornecedora única de compostos da categoria optou por escolhas consideradas conservadoras, se forem comparadas aos tipos de pneus disponibilizados para as mesmas provas no ano passado.

Para o GP coreano, marcado para 6 de outubro, a Pirelli fornecerá os pneus médios e supermacios, para em seguida disponibilizar os duros e médios para a corrida no Japão, que ocorrerá uma semana depois. Já no GP da Índia os pilotos terão à disposição os médios e macios.

No GP de Cingapura, que ocorrerá neste fim de semana com previsão de chuva já a partir dos treinos livre de sexta, as equipes da F1 poderão usar os compostos supermacio e médio, mesma configuração fornecida para a corrida na Coreia do Sul.

"A escolha se deve ao fato de a superfície ser escorregadia, com uma vasta variedade de curvas e algumas áreas de frenagens fortes. O composto médio lida bem com as amplas demandas do circuito, enquanto o supermacio é capaz de gerar os mais elevados níveis de tração na superfície escorregadia", disse a Pirelli, por meio de comunicado oficial, ao justificar a opção por estes tipos de pneus.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Pirellipneus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.