Pirelli muda pneus para o GP de Interlagos, em São Paulo, dia 9

Pirelli muda pneus para o GP de Interlagos, em São Paulo, dia 9

Pilotos, como Massa, temem pelo uso do composto em relação à aderência: fabricante disponibiliza pneus macios e médios no GP

Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2014 | 10h09

O brasileiro Felipe Massa reclamou sobre a escolha dos pneus para o GP do Brasil, marcado para o dia 9 de novembro, no circuito de Interlagos. De modo geral, os pilotos demonstraram preocupação com a escolha do composto. Nesta sexta-feira, a Pirelli, fornecedora de pneus da Fórmula 1, anunciou a alteração do tipo que será usado em Interlagos, definindo que as equipes poderão utilizar os compostos macios e médios. A prova é a penúltima da temporada.

De acordo com a Pirelli, o recapeamento do asfalto do circuito de Interlagos pesou para a alteração - inicialmente, a empresa havia definido que seriam usados pneus médios e duros. "Nós sempre dissemos que estaríamos abertos a quaisquer alterações se isso fosse necessário", comentou o diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery. "Depois de mais análises técnicas do impacto da renovada superfície do circuito paulista, juntamente com uma avaliação de risco, sugerindo uma baixa probabilidade de superaquecimento dos compostos por causa das altas temperaturas da pista, fizemos esta mudança com o acordo unânime de todos os 11 times", completou o dirigente.

A escolha inicial foi considerada perigosa por Massa, pois ele temia que poderia ocorrer uma dificuldade de aderência dos pneus em razão da dificuldade de aquecê-los. A Pirelli não credita sua alteração na escolha à reclamação do brasileiro. De qualquer forma, os anseios de Massa foram atendidos e os pilotos terão à disposição compostos macios e médios no GP do Brasil.

Anteriormente, a Pirelli também havia definido que o GP dos Estados Unidos, a próxima prova do campeonato, contaria com pneus macios e médios. Já para GP de Abu Dabi, que fechará a temporada de 2014 da Formula 1, a corrida terá pneus supermacios e macios, em princípio.
Atualizada às 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.