Max Rossi / Reuters
Max Rossi / Reuters

Pirelli nega benefício a Vettel por maior número de testes com pneus deste ano

Alemão rodou 2 mil quilômetros com os compostos, enquanto os rivais percorreram cerca de 250

Estadão Conteúdo

13 de junho de 2017 | 15h50

A Pirelli garantiu que a evolução de Sebastian Vettel da temporada passada para esta não tem a ver com o maior número de testes com os novos pneus que o piloto da Ferrari realizou. O alemão rodou por cerca de 2 mil quilômetros com os compostos utilizados em 2017, enquanto os rivais percorreram cerca de 250.

"Sim, o Sebastian realizou muitos testes. Foi muito intenso e nos deu um grande feedback. A gente o agradece por isso. É isto que queríamos: que os principais pilotos nos dessem feedbacks", declarou o chefe da Pirelli, Paul Hembery. "Mas por ele não saber exatamente o que estava testando, já que foi um teste cego, pode tê-lo ajudado psicologicamente, mas não praticamente."

Tanto Lewis Hamilton quanto Valtteri Bottas, principais rivais de Vettel na temporada, sequer completaram 250 quilômetros de testes com os pneus desta temporada. O próprio chefe da Mercedes, Toto Wolff, admitiu que isto pode ter sido um erro, uma vez que a Ferrari se apresentou mais habituada aos novos compostos em 2017.

Para Hembery, no entanto, a Mercedes em breve vai se acostumar igualmente, como já demonstrou no GP do Canadá, no último domingo, quando Hamilton venceu e Bottas foi o segundo colocado.

"Para falar a verdade, o problema da Mercedes está ligado a certos circuitos: em Barcelona, eles estavam bem, e em Silverstone e Spa Francorchamps também estarão. São os circuitos com menos aderência que trazem mais problemas para eles, mas tenho certeza que eles vão resolver estas questões ao longo da temporada", opinou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Sebastian VettelPirelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.