Andreu Dalmau/EFE
Andreu Dalmau/EFE

Pirelli vai estrear novo pneu supermacio no GP de Mônaco

Fornecedora espera melhorar a aderência dos carros em Montecarlo

Estadão Conteúdo

18 de maio de 2015 | 17h33

A Pirelli anunciou nesta segunda-feira um novo pneu supermacio para a disputa do GP de Mônaco de Fórmula 1. O composto, de acordo com a fornecedora italiana, vai melhorar a aderência e a performance dos carros no tradicional circuito de rua de Montecarlo.

Os pneus foram praticamente feitos sob medida para o traçado porque exigiriam o menor tempo de aquecimento na pista, segundo o diretor esportivo da Pirelli, Paul Hembery. Com esta vantagem e a suposta maior velocidade no circuito, ele espera que os carros ganhem ao menos um segundo mais velozes por volta em comparação a outras etapas.

Para Hembery, o novo pneu permitira às equipes preparar estratégias para superar os rivais nos boxes, já que o circuito é conhecido pela dificuldade de ultrapassagens. "Mônaco sempre foi descrito por ser um circuito impossível de fazer ultrapassagem, mas temos visto no passado como a estratégia dos pneus e a degradação têm sido determinantes para mudanças, principalmente quanto às ultrapassagens", afirmou.

O dirigente da Pirelli ressaltou também que os novos supermacios são mais resistentes que os anteriores. "Estes novos pneus serão cruciais [para a corrida]", declarou Hembery. Além dos supermacios, os pilotos terão que usar os macios durante o GP de Mônaco, no fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.