Pizzonia luta por vaga na Fórmula 1

O Brasil já tem confirmado Rubens Barrichello (BAR) e Felipe Massa (Ferrari) na temporada 2006 da Fórmula 1. E pode contar ainda com um terceiro piloto, Antonio Pizzonia. O amazonense de 24 anos irá disputar as duas últimas etapas do campeonato deste ano, os GPs do Japão e da China, dias 9 e 16 de outubro, pela Williams. E se for bem, poderá até mesmo permanecer na equipe inglesa.Mas Pizzonia surge como candidato também na BMW, comopassará a se chamar a Sauber em 2006, para ser companheiro do alemão Nick Heidfeld. Tudo irá depender do desempenho nas corridas de Suzuka e Xangai, pistas bastante seletivas e desconhecidas pelo brasileiro.Um desempenho convincente irá lhe abrir a perspectiva de voltar a ser o parceiro do australiano Mark Webber na Williams - repetindo a dupla de 2003, na Jaguar. Se Frank Williams decidir não contratá-lo, Mario Theissen, diretor da BMW, vê o brasileiro com bons olhos. E se os dois caminhos profissionais na Fórmula 1 não derem certo, Pizzonia diz ter convite para correr nos Estados Unidos, na Champ Car ou IRL.

Agencia Estado,

01 de outubro de 2005 | 09h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.