Pizzonia: mais rápido em Barcelona

Antonio Pizzonia começou muito bem sua trajetória como piloto de testes da Williams. Ele foi o mais rápido entre os nove corredores que treinaram hoje na pista do Circuito da Catalunha, em Barcelona, nos primeiros testes coletivos visando à temporada 2002 da Fórmula 1. Pizzonia superou pilotos como David Coulthard, o escocês da McLaren, e o alemão Ralf Schumacher, um dos titulares da Williams. No total, o brasileiro completou 66 voltas (20 pela manhã), a melhor em 1min20s033. O segundo mais rápido foi o austríaco Alexander Wurz, piloto de testes da McLaren (1min20s088, em 45 giros), à frente de Coulthard (1min20s566, 65) e de Ralf (1min20s585, 32). O amazonense foi 0s558 mais rápido do que Ralf Schumacher. Williams e McLaren utilizaram o carro do ano passado, equipados com alguns componentes dos modelos para 2002. A McLaren andou pela primeira vez com os pneus Michelin. "Foi um dia muito bom. Não acho que os tempos possam ser comparados, pois nós não sabemos em que condições os carros das outras equipes andaram, e eles também não sabem como andamos. Mas terminar o dia com a melhor volta foi um resultado positivo para mim??, disse Pizzonia. Independentemente das condições dos adversários, o brasileiro comprovou ser um piloto rápido. A Jaguar andou com o carro novo, o R3, e, de seus pilotos, o irlandês Eddie Irvine fez o sexto tempo (1min21s416, 47 voltas). O francês Olivier Panis, com a BAR 004, foi o oitavo (1min21s914, 22 voltas). Amanhã, os testes prosseguem e outros dois brasileiros estarão em ação: Luciano Burti, na Ferrari, e Felipe Massa, na Sauber. Pizzonia só volta a treinar na quinta-feira. Prost - A imprensa européia divulgou hoje que surgiu um grupo de empresários disposto a investir US$ 40 milhões para salvar a Prost Grand Prix da falência. A equipe, que deve US$ 30 milhões, não se pronunciou.

Agencia Estado,

07 de janeiro de 2002 | 17h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.