Pizzonia sonha com vaga na Williams em 2005

O piloto brasileiro Antonio Pizzonia ainda comemora o recorde da pista espanhola de Valência, que bateu na quinta-feira (1min09s165), no dia seguinte à sua volta à Williams, depois de seis meses sem guiar para o time inglês. Em entrevista ao site da revista Autosprint, ele confirmou que trabalhará como piloto de testes da Williams durante toda esta temporada e revelou ter esperanças de conseguir uma vaga como piloto principal em 2005. "Estou contente por retornar à equipe (em 2003 foi ?emprestado? à Jaguar e despedido após 11 corridas). Agora, posso ajudar o time. Seria ótimo se pudesse ajudar a Williams a ser campeã?, disse. ?Pretendo trabalhar forte para ser titular no próximo ano.?

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2004 | 18h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.