Pódio de Barrichello anima equipe Honda para GP da Alemanha

Japoneses esperam apresentar as melhorias aerodinâmicas do carro já no treino classificatório em Hockenheim

Reuters

15 de julho de 2008 | 11h02

Após o terceiro lugar de Rubens Barrichelo no GP da Inglaterra, a Honda espera confirmar a boa fase e conseguir um bom desempenho nos treinos classificatórios para o GP da Alemanha, que será disputado neste domingo. Os bons testes na semana passada no circuito de Hockenheim animam ainda mais a equipe de Ross Brawn.     Veja também:  Barrichello é melhor hoje do que na Ferrari, diz Brawn"Vamos apresentar o próximo passo nas melhorias aerodinâmicas, mecânicas e de motor para o RA108", disse o diretor da equipe, Ross Brawn, ao falar sobre a 10.ª prova da temporada. "O teste permitiu que nossos engenheiros entendessem melhor a nossa recente falta de ritmo nas classificações, então estamos almejando uma melhora nas nossas posições no grid como sendo o fundamento para um desempenho forte na corrida", acrescentou. O brasileiro Rubens Barrichello, que venceu pela primeira vez na categoria com uma Ferrari em 2000 no circuito de Hockenheim, levou a Honda novamente ao pódio após longa ausência ao terminar em terceiro lugar no chuvoso GP da Inglaterra. "Foi fantástico acordar na segunda-feira depois de Silverstone e ver o troféu", disse Barrichello, que largara apenas em 16.º lugar na corrida em Silverstone. "Mas temos de manter o foco e continuar melhorando o desempenho do RA108, pois estamos plenamente cientes de que nosso resultado em Silverstone foi ajudado pelo tempo molhado. Demos um pequeno passo no teste, então será interessante ver como o carro se comporta contra nossos adversários de médio escalão neste fim de semana." A Honda está em oitavo lugar no Mundial de Construtores, a um ponto da Renault e a dois da Williams, que usa motor Toyota. (Reportagem de Alan Baldwin)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.