Valéria Gonçalvez/AE
Valéria Gonçalvez/AE

Possibilidade de chuva neste domingo divide opinião de pilotos

Rubens Barrichello, da Brawn GP, diz que rival Red Bull ficaria em vantagem no asfalto molhado de Interlagos

Thiago Arantes, Agencia Estado

17 de outubro de 2009 | 10h06

SÃO PAULO - Segundo o serviço de meteorologia da Fórmula 1, há boas possibilidades de o GP do Brasil ser disputado sob chuva neste domingo, como já aconteceu em 2008. A chance de correr com pista molhada divide as opiniões dos pilotos.

 

Veja também:

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

Para Rubens Barrichello, vice-líder do Mundial e conhecido por sua habilidade sob chuva, o tempo seco desta vez seria melhor. "Com a chuva nós teremos mais dificuldade para aquecer os pneus, e a Red Bull ficaria em vantagem", disse o piloto da Brawn GP neste sábado. O companheiro de equipe, Jenson Button, seguiu a mesma linha em suas declarações.

O alemão Sebastian Vettel, terceiro colocado no campeonato e ainda na luta pelo título, também e conhecido por suas boas atuações com pista molhada. "Para o sábado, previram chuva e não choveu forte. Quem sabe isso não signifique pista molhada no domingo?", disse, ciente de que, quanto piores as condições para os rivais, maiores suas chances de vencer.

Para os pilotos que disputam posições intermediárias no grid e têm habilidade no molhado, a chuva também pode ajudar. É o caso do alemão Adrian Sutil, da Force India. "Ficarei muito feliz se chover, teremos mais chances de pontuar", afirmou.

O italiano Giancarlo Fisichella, da Ferrari, é outro que torce pela chuva. Ele conquistou sua primeira vitória justamente em Interlagos, em 2003, sob um temporal. "Essa pista me traz boas lembranças, e se estiver molhada, melhor ainda", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do BrasilInterlagoschuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.