Darron Cummings/AP
Darron Cummings/AP

Power vence etapa de Indianápolis pela 3ª vez e Helinho volta à Indy com 6º lugar

Piloto da Austrália volta a faturar prova, que marcou retorno do brasileiro

Estadão Conteúdo

12 Maio 2018 | 21h14

O australiano Will Power conquistou neste sábado a sua terceira vitória na etapa de Indianápolis da Fórmula Indy e garantiu uma marca emblemática para a equipe Penske, que passou a contabilizar 200 triunfos na história da categoria norte-americana.

+ Hamilton confirma domínio da Mercedes e faz a pole para o GP da Espanha

+ Hamilton celebra domínio da Mercedes, mas prevê corrida difícil no domingo

Foi a terceira vitória do piloto da Austrália em quatro anos nesta prova, que também marcou o retorno de Helio Castroneves depois de o veterano piloto brasileiro ter realizado, no ano passado, a sua última temporada completa na Indy.

Correndo justamente pela Penske, Helinho obteve um bom sexto lugar, após largar do décimo posto do grid, sendo que ele só foi convocado pela tradicional escuderia de Roger Penske para participar de duas corridas desta temporada - a outra será as 500 Milhas de Indianápolis, no próximo dia 27.

Para voltar a triunfar nesta etapa que é realizada em um circuito misto, diferentemente do que ocorre nas 500 Milhas, toda disputada no traçado oval, Power largou da pole, conseguiu segurar a pressão dos rivais no fim e se sustentou na ponta para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar.

A segunda posição ficou com o neozelandês Scott Dixon, da Ganassi, apenas 2s244 atrás do vencedor, enquanto o calouro canadense Robert Wickens, da Schmidt Peterson, completou o pódio ao chegar 8s162 atrás do líder, que ganhou a sua 33ª prova na Indy. O francês Sebastien Bourdais, da Dale Coyne, e o norte-americano Alexander Rossi, da Andretti, ficaram respectivamente na quarta e na quinta colocações.

Substituto do brasileiro Pietro Fittipaldi, que não pôde competir nesta prova por causa do grave acidente que sofreu no último dia 4 durante os treinos das 6 Horas de Spa-Francorchamps, pelo Mundial de Endurance (WEC), na Bélgica, o canadense Zachary Claman De Melo ficou em 12º lugar pela Dale Coyne.

Já o brasileiro Tony Kanaan foi o 14º pela Foyt, enquanto o seu companheiro de equipe e compatriota Matheus Leist ficou apenas em 21º lugar.

O norte-americano Joseph Newgarden terminou em 11º lugar pela Penske e figura na liderança do campeonato, com 178 pontos, mas agora tem apenas dois de vantagem sobre Alexander Rossi, o vice-líder após o quarto lugar deste sábado. Power, com 135, agora é o sétimo colocado na classificação e começa a se aproximar dos ponteiros da classificação. A próxima etapa da Indy será justamente as 500 Milhas de Indianápolis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.