Evaristo Sá/AFP
Evaristo Sá/AFP

Prefeitura e Governo de SP divergem de Bolsonaro sobre mudança do GP Brasil de F-1

Em nota, o Governo paulista informou que há contrato de mais um ano para a realização da etapa em Interlagos

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 19h05

A prefeitura de São Paulo e o Governo de São Paulo emitiram nota em conjunto na noite desta quarta-feira que vai de encontro ao que foi informado pela Interpub, empresa responsável pela realização do GP do Brasil de F1 no Autódromo de Interlagos. A nota informa que existe contrato em vigor com validade até dezembro de 2020 e que acredita que será renovado em 2021.

O posicionamento do Governo e da Interpub foram divulgados após a afirmação do presidente Jair Bolsonaro indicando que a corrida passará a ser realizada no Rio de Janeiro a partir do ano que vem, após a construção de um novo autódromo em Deodoro, na zona oeste da cidade.

O acordo em vigor entre Interlagos e a Fórmula 1 foi assinado em 2014. Como contrapartida pelo contrato, o autódromo recebeu nos últimos anos recursos federais de R$ 160 milhões para reformar e ampliar o paddock, uma antiga exigência das equipes. Na última renovação uma das cláusulas previa a possível renovação do vínculo por mais cinco anos. 

Confira a íntegra da nota feita em conjunto entre Prefeitura e Governo de SP:

A propósito do Grande Prêmio Brasil de F1, O Governo de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo informam que: 

1 - há um contrato em vigor com a empresa responsável pela organização do GP Brasil de F1, válido até dezembro de 2020.

2 - desde novembro de 2018, a Prefeitura de São Paulo atua para a renovação do contrato do GP Brasil de F1 na cidade de São Paulo, a partir de 2021. Há convicção de que o bom entendimento vai prevalecer. 

3 - a Prefeitura de São Paulo e o Governo do Estado de São Paulo desconhecem qualquer obstáculo que possa inviabilizar a renovação do referido contrato.

4 - o projeto de concessão do Autódromo de Interlagos ao setor privado, elaborado pela gestão João Doria e mantido pela administração Bruno Covas, tramita na Câmara Municipal e representa um importante ativo para a manutenção da área em sua proposta original, ou seja, o Autódromo Internacional de Interlagos. 

Prefeitura de São Paulo 

Governo do Estado de São Paulo 

08 de maio de 2019

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.