Presidente da Ferrari confia no título de Felipe Massa

Os sete pontos de desvantagem que Felipe Massa vai ter de descontar de Lewis Hamilton em Interlagos, no dia 2 de novembro, para ficar com o título da temporada da Fórmula 1, não tiram o otimismo de Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari. "Esperamos converter um pênalti no último minuto", afirmou o dirigente da equipe, em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport.Montezemolo afirmou que confia muito no desempenho de seus dois pilotos na última prova da temporada, o GP do Brasil. "Kimi (Raikkonen) está pronto para ajudar e Massa terá o apoio por correr em casa", disse o presidente da Ferrari, que garantiu estar satisfeito com o trabalho da dupla. Segundo ele, a segunda parte do campeonato de Raikkonen não está sendo tão "exultante", mas Massa teve um ano "extraordinário".Apesar dos elogios a Massa e Raikkonen, Montezemolo não escondeu o eterno interesse pelo piloto espanhol Fernando Alonso, que deve anunciar durante o GP do Brasil a sua permanência na Renault. "Esta é uma inquietude que já dura quatro anos", admitiu o presidente da Ferrari.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.