Previsão é de tempestade nos três dias do GP da Malásia

Expectativa, portanto, é de outra corrida imprevisível no domingo, na segunda etapa do Mundial de F-1

Livio Oricchio, Enviado Especial - O Estado de S. Paulo

19 de março de 2008 | 10h36

Os fãs das corridas malucas, de resultado completamente imprevisível, a exemplo da etapa de abertura do Mundial de Fórmula 1, domingo na Austrália, podem se preparar: o GP da Malásia, no fim de semana, deve ser outra competição em que tudo pode acontecer. A previsão do tempo, distribuída nesta quarta-feira no circuito de Sepang, foi bem clara: haverá tempestades todos os dias, à tarde, até domingo. Veja também: Blog do Livio: mais informações sobre a F-1 Classificação - Pilotos e construtores Calendário  Pilotos e EquipesE já nesta quarta-feira a meteorologia acertou em cheio. Uma chuva violenta no horário pouco anterior ao que seria da largada transformou a pista malaia. A segunda etapa do Mundial começará às 15 horas, 4 horas no horário de Brasília, domingo. Depois disso, a chuva prosseguiu, embora em menor intensidade. Se os pilotos diziam, na pré-temporada, que com as novas regras está bem mais difícil controlar o carro na chuva, tudo indica que estarão ainda mais sob exame ao longo das 56 voltas da prova do que já experimentaram em Melbourne. Este ano, foram proibidos recursos que facilitavam a condução, como o controle de tração e o freio-motor automático.  

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.