Problema na Ferrari atrapalha testes de Massa no Bahrein

Carro do brasileiro tem problema hidráulico; Kimi Raikkonen é o mais rápido com o tempo de 1min30s914

09 de fevereiro de 2008 | 15h33

O piloto brasileiro Felipe Massa teve problemas nos testes deste sábado com sua Ferrari no circuito de Sakhir, no Bahrein, em razão de um problema no sistema hidráulico do carro. Massa terminava de completar 53 voltas quando o F2008 apresentou o problema e forçou o fim dos testes. Mesmo assim, ele conseguiu uma melhor marca de 1min31s174. O primeiro tempo da sessão foi do finlandês Kimi Raikkonen, companheiro de Massa na Ferrari. Seu carro não deu avaria alguma e ele conseguiu rodar em 1min30s914. A Toyota, que acompanha a Ferrari nos testes em Sakhir, mandou à pista o italiano Jarno Trulli e o alemão Timo Glock, que testaram os sistemas de refrigeração do TF108. Trulli, que testa para a escuderia, deu 73 voltas e fez 1min32s382, enquanto Glock, que correrá como piloto oficial, fez 1min32s762. As duas escuderias treinam até esta segunda-feira na pista e já andaram lá durante três dias no início desta semana. O circuito de Sakhir é palco do Grande Prêmio do Bahrein, terceiro da temporada e marcado para 6 de abril. Tempos deste sábado: 1.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 1min30s914 - 83 voltas2.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min31s174 - 53 voltas3.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota) 1min32s382 - 73 voltas4.º - Timo Glock (ALE/Toyota) 1min32s762 - 75 voltas

Tudo o que sabemos sobre:
fórmula 1Felipe MassaFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.