Andrej Isakovic/AFP
Andrej Isakovic/AFP

Problema no câmbio impede pole position Charles Leclerc de disputar GP de Mônaco

Depois de bater no muro no treino classificatório, a Ferrari fez questão de garantir que o carro estava "em plenas condições" para domingo

Redação, Estadão Conteúdo

23 de maio de 2021 | 10h20

O GP de Mônaco de Fórmula 1 e Charles Leclerc não combinam. O piloto da Ferrari disse, logo após conseguir a pole position para a prova de Montecarlo, no sábado, que sempre dá azar na corrida caseira. E a sina do monegasco de não conseguir completar a prova nas ruas de Montecarlo mais uma vez se confirmou. Com problema no câmbio, ele nem conseguiu ir ao grid.

Depois de bater no muro poucos segundos antes de o treino classificatório terminar, a equipe Ferrari fez questão de ir logo garantindo que o carro estava "em plenas condições" para a prova deste domingo. Mas bastou o piloto ir à pista para um problema ser detectado e ele ficar bastante desolado.

Leclerc viu seu carro parar de funcionar e a Ferrari informou que foi por causa de um problema no eixo de transmissão. A informação da equipe é que não havia tempo hábil para o conserto. Se o problema fosse detectado e a caixa de câmbio fosse trocada ainda no sábado, Leclerc perderia cinco posições no grid, mas disputaria a prova. A Ferrari apostou que não era necessário e se deu mal.

George Russell consolou o monegasco logo após o problema. Triste, mas conformado, Leclerc ainda fez questão de seguir no autódromo para acompanhar a corrida. Com o problema, Max Verstappen, da Red Bull Racing, acabou largando na frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.